fbpx

Tipos de cintos de segurança para trabalho em altura: guia completo para uma escolha segura!

O que é a segurança do trabalho em altura?

Compartilhe esta postagem

Os tipos de cintos de segurança para trabalho em altura são equipamentos essenciais para garantir que atividades nessas condições sejam feitas com segurança. 

Inclusive, são itens recomendados pela Norma Regulamentadora Nº35 (NR35), que fala exatamente sobre o trabalho com essas características. 

Só que, em meio a opções de modelos, qual é o melhor cinto de segurança para trabalho em altura? Como escolher um seguro? 

Responderemos todas essas questões neste conteúdo. 

Portanto, para fazer uma boa escolha, acompanhe a leitura com atenção até o final! 

O que é a segurança do trabalho em altura?

A segurança do trabalho em altura diz respeito às ações e medidas preventivas que visam proteger a saúde do trabalhador. Ou seja, o grande objetivo delas é evitar e garantir que as funções sejam desempenhadas sem riscos. 

A Norma Regulamentadora Nº35 foi criada exatamente para tratar do labor em altura e passar orientações de segurança para as empresas e organizações seguirem.

Segundo essa norma, o trabalho em altura é definido como atividades feitas a 2 metros do chão que podem conter riscos de queda. 

No geral, a NR35 discorre sobre as responsabilidades que os empregadores e trabalhadores têm com atividades realizadas em altura. 

Basicamente, ela estabelece que devem ser feitos treinamentos, planejamento, análises de risco e coloca a obrigatoriedade no uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como os tipos de cintos de segurança para trabalho em altura. 

Falaremos mais sobre eles no tópico a seguir! 

Leia também: Fator de queda NR 35: entenda o conceito, cálculo e dicas práticas

A importância do tipos de cinto de segurança

Como já adiantamos, os tipos de cintos de segurança para trabalho em altura fazem parte dos equipamentos responsáveis por diminuir riscos de acidentes em atividades que têm essa característica. 

Existem diferentes tipos de cintos que variam a posição das alças, travas e argolas. A Norma Regulamentadora 35 determina que o mais recomendado para evitar quedas e se adequar ao sistema de cordas é o modelo paraquedista. 

Inclusive, o ideal é que esse cinto tenha um dispositivo de engate para fazer a conexão com algum item de ligação e ter esse último para juntá-lo com o sistema de ancoragem. 

E tem mais, o mais recomendado é que a preferência seja por fivelas e argolas em aço inox, o que ajuda a evitar oxidação e fita com tramas mais compactas para maior resistência. 

Tudo isso para ajudar a evitar causas de acidentes de trabalho em altura

E como escolher um cinto de segurança para trabalho em altura que esteja de acordo com a NR35? Continue conosco, porque vamos responder essa pergunta agora! 

Leia mais: Equipamentos de escalada: guia completo para iniciantes e aventureiros!

Dicas para escolher o melhor cinto de segurança para trabalho em altura

Afinal, qual é o melhor cinto de segurança para trabalho em altura? A verdade é que não existe uma única resposta. 

O importante é seguir requisitos de segurança para fornecer um equipamento de qualidade para os trabalhadores. 

Listamos algumas dicas abaixo para ajudar nessa escolha: 

Conformidade com normas de segurança

Tipos de cintos de segurança para trabalho em altura: guia completo e escolha segura

O primeiro passo é conferir se o cinto segue os requisitos mínimos exigidos por normas, como é o caso da EN 361 e da NR35, que citamos no tópico anterior. 

A EN 361 é uma norma europeia que estabelece condições que os sistemas dos cintos devem ter para diminuir riscos de queda ou outros acidentes. 

Além disso, é essencial checar se o modelo de cinto tem a certificação recomendada para uso. 

Tipo de cinto

Em seguida, é importante fazer uma análise preliminar de risco, que funciona como uma inspeção sobre os riscos e perigos que podem estar presentes em um ambiente de trabalho.  

Assim, fica mais fácil de entender qual tipo de cinto escolher entre os cintos com ponto de conexão, para espaços confinados, com acesso para cordas e outros. 

Ajuste e conforto

Outra dica é conferir se o cinto possibilita fazer ajustes para ficar do tamanho ideal para o trabalhador realizar as funções com estabilidade. 

Junto disso, é muito importante checar se o cinto oferece conforto para que o trabalhador consiga utilizá-lo por várias horas sem sentir incômodos ou dores. 

Pontos de ancoragem

Também é necessário que o cinto de segurança tenha pontos de ancoragem para ser possível estabelecer conexão com elementos de retenção, como os mosquetões. 

Vale a pena ressaltar que esses itens precisam ser de qualidade para oferecer ainda mais resistência e segurança. 

Material e durabilidade

Neste mesmo sentido da qualidade, é fundamental avaliar se os materiais usados para produção dos tipos de cintos de segurança para trabalho em altura possuem grande durabilidade. 

Assim como falamos antes, a melhor recomendação é contar com fivelas e argolas em aço inox, por exemplo, que são materiais de ótima qualidade para evitar oxidação e desgastes. 

Dessa forma, os trabalhadores conseguem realizar as atividades com mais segurança e menos riscos. 

Inspeção regular

Mesmo que o cinto tenha alta durabilidade, é preciso realizar inspeções regulares para assegurar que ele está em bom estado de conservação. 

Assim, é possível antecipar perigos e fazer a manutenção necessária para segurança dos trabalhadores. 

Sistema de fivela

Outra dica é verificar se o cinto possui sistema de fivela que seja simples de usar e ofereça a segurança adequada. 

O sistema de travamento deste item precisa ser checado também para garantir que é seguro. 

Treinamento

Como mencionamos anteriormente, a NR35 determina que os trabalhadores precisam passar por treinamentos antes de exercer as funções em altura. 

O objetivo dessas capacitações é deixar os trabalhadores conscientes sobre os riscos, medidas de prevenção e uso de equipamentos, o que inclui o uso correto dos cintos. 

Revisões e recomendações

Tipos de cintos de segurança para trabalho em altura: saiba como escolher o melhor

Por último, vale a pena pesquisar na internet por avaliações de profissionais que utilizam os tipos de cintos de segurança para trabalho em altura para saber informações importantes. 

Inclusive, é uma ótima forma de procurar por recomendações.

Mas, no geral, um dos pontos mais essenciais é procurar por equipamentos que ofereçam qualidade, conforto e durabilidade. 

Neste quesito, você encontra os melhores na Innova Safety! 

Nosso objetivo é oferecer o máximo de qualidade nos produtos para a segurança necessária nas atividades realizadas acima do chão. 

Em nosso catálogo, você encontra cadeirinhas, capacetes, mosquetões, cordas, acessórios e até mesmo tipos de cintos de segurança para trabalho em altura. 

Inclusive, a Innova Safety possui o certificado ISO 9001: 2015 – Em Gestão da Qualidade, que reconhece a nossa produção de equipamentos de segurança para atividades em altura profissionais e esportivas. 

Acesse o site da Innova Safety e confira os melhores equipamentos de proteção! 

Conclusão

Os tipos de tipos de cintos de segurança para trabalho em altura são itens obrigatórios para garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores. 

Para saber como escolher o melhor, vale a pena seguir as dicas passadas ao longo deste conteúdo. Dessa forma, é possível optar por um de ótima qualidade, durabilidade e resistência. 
Gostou deste conteúdo? Se quiser ler mais sobre equipamentos de segurança para atividades profissionais e esportivas em altura, acesse a comunidade da Innova Safety!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras postagens da comunidade

Nosso horário de atendimento é de segunda à sexta das 08:00 às 18:00. Aos fins de semana e feriado não há atendimento.

Por favor insira seus dados para ser redirecionado ao setor responsável

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdo.