Segurança industrial: práticas essenciais e normas atuais — Guia completo 

Segurança industrial: o que é, riscos e NRs essenciais

Compartilhe esta postagem

A segurança industrial é vital em qualquer ambiente de trabalho. Portanto, quer você seja trabalhador, supervisor ou empresário, é crucial entender esse assunto. 

Isso porque esse conceito ganha destaque e importância pelo papel essencial que desempenha na proteção dos trabalhadores e no funcionamento eficiente das operações industriais.

Neste artigo, explicaremos o que significa segurança do trabalho na indústria, os riscos que os trabalhadores estão expostos no dia a dia, e as Normas Regulamentadoras (NRs) mais frequentemente utilizadas na indústria para garantir a segurança e saúde dos trabalhadores. 

Vamos lá?

O que é segurança na indústria?

A segurança industrial pode ser definida como um conjunto de práticas e medidas implementadas para oferecer proteção à saúde e bem-estar dos trabalhadores, além de resguardar os equipamentos no ambiente do trabalho.

O principal objetivo dessas ações é prevenir acidentes, danos materiais, lesões e reduzir riscos que podem prejudicar os colaboradores e a infraestrutura do local.

Além disso, a segurança nos processos industriais também abrange a gestão responsável de resíduos que podem ter impacto negativo na natureza. 

Isso implica na implementação de práticas e protocolos para a coleta, tratamento e disposição adequada de resíduos gerados durante as operações industriais. 

Neste sentido, a empresa tem que determinar diretrizes e regulamentações para garantir a segurança do trabalho na indústria. 

Quais são os principais riscos na indústria e como identificá-los?

Tão importante quanto saber qual a importância da segurança do trabalho na indústria é compreender os principais riscos que estão envolvidos em determinadas atividades.

Isso é fundamental para minimizar os riscos de acidentes industriais, que somaram 612 mil somente em 2022, segundo uma pesquisa do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, disponibilizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

A seguir, listamos os principais riscos encontrados nas atividades industriais para você conhecer:

Riscos de acidentes

Um dos maiores riscos de acidentes são as quedas, que podem acontecer nas atividades feitas em altura.

Nessas horas, é fundamental fornecer a devida proteção contra quedas por meio de equipamentos, como:

  • cintos de segurança;
  • capacete de segurança;
  • trava-quedas;
  • botas;
  • luvas;
  • talabarte de segurança;
  • outros.

Além das quedas, as empresas devem se preocupar com colisões, cortes ou impactos significativos. Por isso, é recomendado uma avaliação completa das áreas propensas a esses riscos.

Riscos ergonômicos

Os riscos ergonômicos estão relacionados às condições de trabalho que podem afetar a saúde relacionada à postura e ao bem-estar dos colaboradores. 

Para identificá-los, é preciso fazer uma avaliação das funções de trabalho e levar em consideração fatores, como:

  • repetição dos movimentos;
  • postura inadequada;
  • esforço físico em excesso;
  • equipamentos inadequados.

Riscos químicos

seguranca-industrial-riscos-quimicos

A segurança do trabalho na indústria também deve se preocupar com os riscos químicos, que estão associados à manipulação de substâncias perigosas que podem causar danos à saúde dos trabalhadores e ao meio ambiente. 

É importante que as organizações conheçam as propriedades químicas dos materiais usados para identificar os riscos e adotar medidas, como a elaboração de áreas seguras para que as substâncias sejam manuseadas.

Riscos biológicos

Os riscos biológicos podem estar associados com agentes infecciosos, que podem aparecer em indústrias alimentícias, de saúde ou relacionadas.

Identificar esses riscos requer atenção nos seguintes aspectos:

  • análise das práticas de higiene;
  • fornecimento de equipamentos de proteção adequados;
  • implementação de procedimentos de limpeza;
  • promoção da conscientização para os funcionários.

Riscos físicos

A segurança industrial também precisa dar atenção para os riscos físicos, como exposição a altas temperaturas, ruídos intensos, radiações e outros.

Para identificar e minimizar esses perigos, as organizações podem adotar estratégias de controles adequados e implementar medidas que visam a redução da exposição prolongada a condições extremas.

Leia também: Fator de queda NR 35: entenda o conceito, cálculo e dicas práticas

Quais são as NRs mais usadas na segurança industrial?

Talvez você já tenha se perguntado quais são as NRs que falam da segurança do trabalho na indústria. 

Na realidade, existe um conjunto delas mais relevantes que é interessante conhecer, como:

NR-5: Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA

A NR-5 trata da formação e atuação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), que visa trabalhar em conjunto para identificar riscos e propor medidas preventivas.

Essa diretriz é fundamental para estimular a participação dos funcionários na prevenção de doenças e acidentes associados ao trabalho.

NR-6 – Equipamento de Proteção Individual – EPI

A NR-6 determina as normas sobre o uso de EPIs no trabalho para resguardar os funcionários de riscos existentes durante a realização das funções diárias.

A norma define as responsabilidades dos empregadores no fornecimento, treinamento e fiscalização do uso adequado dos EPIs, o que contribui para a proteção individual e coletiva dos trabalhadores.

NR-10 – Segurança em instalações e serviços em eletricidade

Essa norma determina requisitos e medidas de controle para garantir a segurança em instalações elétricas, que são bem comuns em ambientes industriais.

Para isso, ela abrange desde a qualificação profissional dos trabalhadores até a implementação de medidas preventivas por parte dos empregadores.

NR-12 – Segurança no trabalho em máquinas e equipamentos

A NR-12 tem como objetivo estabelecer requisitos mínimos para garantir a segurança no trabalho em máquinas e equipamentos. 

A norma busca prevenir acidentes, esmagamentos, cortes e outros riscos associados ao uso de máquinas, por exemplo.

NR-26 – Sinalização de segurança

seguranca-industrial-sinalizacao-de-seguranca

Essa NR fala sobre a necessidade da sinalização de segurança nos ambientes de trabalho.

Ela estabelece critérios para a utilização de cores, formas e símbolos em placas e sinais, com intuito de orientar os trabalhadores sobre os riscos presentes no local. 

NR-33 – Segurança e saúde nos trabalhos em espaços confinados

A NR-33 foca em estabelecer medidas de segurança para trabalhos em espaços confinados.

Ela visa prevenir acidentes que podem estar relacionados a:

  • falta de ventilação;
  • presença de elementos tóxicos;
  • atmosfera incômoda;
  • deficiência de oxigênio;
  • condições de luzes precárias.

NR-35 – Condições de trabalho em altura

A NR-35, que trata das condições de trabalho em altura, está intimamente relacionada à segurança industrial. 

Isso porque ela visa proteger os trabalhadores de riscos ocupacionais, realizar avaliações de segurança antes do início das atividades e também prevenir acidentes relacionados a quedas.

Leia também: Fator de queda NR 35: entenda o conceito, cálculo e dicas práticas!

Entenda como a Innova Safety pode ajudar na segurança da indústria

Uma das medidas mais importantes para garantir a segurança industrial é fornecer os equipamentos corretos para realização das atividades.

Você encontra os melhores na Innova Safety!

Nossos equipamentos são projetados para oferecer o máximo de conforto, segurança e qualidade para as atividades laborais.

Assim, garantimos que os trabalhadores estejam devidamente protegidos contra os diversos riscos presentes no ambiente industrial.

Confira os equipamentos de proteção da Innova Safety e invista na segurança do ambiente de trabalho!

Conclusão

Portanto, investir na segurança industrial é uma forma de priorizar a integridade e o bem-estar dos trabalhadores. Mas isso também ajuda a impulsionar a eficiência operacional e a confiança da equipe.

Ao adotar práticas proativas, investir em tecnologias inovadoras e promover uma cultura de segurança, as organizações não apenas previnem acidentes e lesões, mas estabelecem as bases para um ambiente de trabalho saudável e produtivo. 

Por fim, é sempre bom estar atualizado sobre quais são as NRs da segurança do trabalho na indústria para estar em conformidade com as regulamentações vigentes.
Se quiser conferir mais conteúdos relacionados com equipamentos de proteção, segurança no trabalho e atividades em altura, confira a comunidade da Innova Safety!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras postagens da comunidade

Nosso horário de atendimento é de segunda à sexta das 08:00 às 18:00. Aos fins de semana e feriado não há atendimento.

Por favor insira seus dados para ser redirecionado ao setor responsável

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdo.